Governo de Minas Portal Minas
Você esta aqui: Home

Maio Amarelo busca conscientizar sobre violência no trânsito

E-mail Imprimir PDF

Evento na ALMG lança selo comemorativo de campanha que adota como lema "Nós somos o trânsito"

Vistas muitas vezes com certo ceticismo, campanhas educacionais de trânsito funcionam e devem ser reforçadas. Foi a conclusão de vários participantes de reunião realizada ontem na Assembleia Legislativa (ALMG) para a divulgação do movimento Maio Amarelo, pela redução da violência no trânsito. A reunião foi organizada pela Comissão de Transporte, Comunicação e Obras Públicas, por iniciativa de seu presidente, deputado Fábio Cherem (PDT).

Durante o encontro, com o apoio dos Correios, foi lançado o selo comemorativo Maio Amarelo, um dos símbolos do movimento. A campanha está em sua quinta edição e, para o coordenador do Grupo de Pesquisa, Saúde e Violência no Trânsito da Faculdade de Medicina da UFMG, Ronaro Ferreira, já trouxe bons resultados, ao menos para Belo Horizonte.

De acordo com Ferreira, foi grande a redução de mortes no trânsito na Capital, entre 2010 e 2015. O número de falecimentos nos locais de acidentes caiu de 262 para 151, em cinco anos. "Isso trouxe uma economia de R$ 178 milhões para Minas Gerais e mostra que é possível reduzir o número de acidentes, mesmo com o aumento da frota", afirmou o pesquisador.

PESQUISA - A necessidade de redução ainda é grande. Comandante do Batalhão de Emergências Ambientais e Resposta a Desastres do Corpo de Bombeiros, o tenente-coronel Eduardo Gomes da Silva lembrou que o Brasil é o quarto País com maior número de mortes no trânsito. O dado está em pesquisa divulgada pelo instituto Avante Brasil, com base em dados da Organização das Nações Unidas relativos a 2010. O Brasil só perde para China, Índia e Nigéria, ficando à frente dos Estados Unidos, que tem uma frota bem maior.

Para o deputado Fábio Cherem, o Poder Legislativo tem dado sua contribuição, acabando com a tolerância ao álcool no trânsito e elevando os valores das multas. No entanto, a modernização das vias rodoviárias e a maior potência dos veículos têm favorecido, em sua avaliação, o comportamento menos responsável dos motoristas. "Por isso é importante o lema dessa quinta campanha: 'Nós somos o trânsito'", declarou o parlamentar.

Representante do Poder Público do Movimento Maio Amarelo em Minas Gerais, a coordenadora da Educação para o Trânsito do Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem do Estado de Minas Gerais (Deer-MG), Rosely Fantoni, disse que o tema da campanha se encaixa muito bem ao momento de "corrupção social" que vivemos no Brasil. "Não existe Estado ético se a população não age eticamente", afirmou Rosely. Ela pediu o apoio da Assembleia para que as campanhas de conscientização possam contar com mais recursos.

Share on Facebook
 

|| Telefones de Contato

Governo de Minas Area