Governo de Minas Portal Minas
Você esta aqui: Home

Aberto túnel da Cidade Administrativa

E-mail Imprimir PDF

Em reunião de trabalho com gerentes, governador avalia cronograma das obras

O governador Aécio Neves vistoriou ontem as obras da futura Cidade Administrativa que abrigará toda a administração direta do Estado a partir do ano que vem. Coordenou reunião de trabalho com todos os gerentes das obras e acionou o dispositivo para abertura final do túnel de acesso.

"Fizemos reunião hoje com todos os consórcios responsáveis pela obra e todos estão cumprindo o cronograma sem qualquer atraso. Estou extremamente feliz não apenas com a qualidade da obra de engenharia, com a excelência das empresas que aqui estão trabalhando, com a capacidade que tiveram de não fugir ao cronograma previamente estabelecido, mas principalmente com a eficiência que o Governo do Estado de Minas Gerais passará a ter a partir do momento em que toda a sua administração direta estiver aqui", declarou o governador Aécio Neves.

O túnel de acesso à Cidade Administrativa está em fase de perfuração e terá 156 metros de extensão. Construído sob a rodovia MG 010, ele será coberto com concreto armado de contenção. O túnel terá quatro pistas de rolamento, sendo uma exclusiva para ônibus, além de pistas exclusivas para pedestres e ciclistas. Na vistoria, o governador abriu a passagem para a pista destinada a pedestres e ciclistas.

Mudança gradual

Aécio afirmou que a mudança para a Cidade Administrativa acontecerá em etapas a partir do dia 15 de janeiro. Os primeiros servidores a ocuparem a nova sede administrativa serão os do gabinete do governador e o do vice-governador do Estado e das secretarias de Governo e de Planejamento. No total serão 16 mil servidores de 18 secretarias de Estado e 25 órgãos estaduais.

"A mudança será feita em etapas por uma questão de segurança e de logística em relação principalmente aos servidores. Trinta dias depois da primeira mudança, nós deveremos estar vindo com outro conjunto de quatro a cinco secretarias de Estado. E assim, sucessivamente, para que antes do final do primeiro semestre nós possamos ter praticamente a totalidade da Cidade Administrativa ocupada", afirmou o governador.

Ao final da vistoria, o governador Aécio Neves ressaltou a economia que a Cidade Administrativa trará ao Estado e as melhores condições de trabalho que serão oferecidas. A estimativa é de que R$ 85 milhões deixarão de ser gastos pelo Estado por ano, despesas referentes a aluguéis e manutenção de prédios, telefonia e transporte de documentos e de servidores. Atualmente a administração estadual está distribuída por 53 endereços diferentes.

Transporte

O governador ressaltou ainda que o Governo estuda detalhadamente as medidas que irão facilitar o deslocamento dos servidores estaduais para o novo local de trabalho. Uma linha de ônibus será disponibilizada gratuitamente entre a estação do metrô em Vilarinho até a Cidade Administrativa.

"Mapeamos todos os servidores que moram aqui. Sabemos individualmente onde reside cada um, onde precisaremos requalificar e ampliar o serviço de linha de ônibus. Da estação Vilarinho até aqui haverá transporte gratuito de altíssima qualidade. Houve a preocupação de garantir ao servidor que mora em qualquer parte da Região Metropolitana de Belo Horizonte apenas uma baldeação, quando necessário. A maioria, esperamos que não seja nem necessário isso, apenas uma troca de condução durante o percurso da sua casa até a Cidade Administrativa", disse o governador.

Share on Facebook
 

|| Telefones de Contato

Governo de Minas Area